Entenda o que é ciclo operacional, um recurso eficaz para aperfeiçoar o controle de entradas e saídas de recursos do seu negócio!

o ciclo operacional mede o tempo médio que você leva desde a compra, a produção e a estocagem de um produto e a comercialização deste.
Saiba mais sobre esse recurso fundamental para aperfeiçoar a sua gestão de contas a receber!

O empreendedor que deseja otimizar a gestão do seu empreendimento pode alcançar esse objetivo com o emprego de indicadores de performance, índices e outras ferramentas de mensuração de resultados.

Entre elas, o ciclo operacional se destaca por entregar informações relevantes sobre as entradas e saídas de produtos da empresa, além dos recebimentos financeiros. Com uma análise adequada desse instrumento, você poderá compreender melhor sua operação, seu fluxo de estoque e gerir corretamente as compras e vendas de mercadorias.

Quer entender melhor como esse recurso pode melhorar o gerenciamento do seu negócio? Então não deixe de ler as informações que preparamos sobre ele!

O que é ciclo operacional?

O ciclo operacional é o período compreendido entre a data de aquisição de uma mercadoria — ou de sua matéria-prima — e a data de recebimento pela sua comercialização pela empresa. Vale destacar que a venda diz respeito ao produto pronto, caso se leve em consideração a aquisição de insumos.

Ele leva em consideração o Prazo Médio de Estocagem (PME) e o Prazo Médio de Recebimento (PMR).

Em outras palavras, o ciclo operacional mede o tempo médio que você leva desde a compra, a produção e a estocagem de um produto e a comercialização deste. Se a venda for à vista, ele contabilizará somente o período em que o item fica na organização.

Como se calcula o ciclo operacional?

Para calcular o ciclo operacional das suas mercadorias, você precisa anotar a data de aquisição das matérias-primas, no caso de indústria, ou dos produtos, quando for comércio. Depois disso, registre a data das vendas.

Vejamos como ficaria, por exemplo, o ciclo operacional de um lote de computadores de uma empresa que atua com venda de equipamentos de informática no atacado com os seguintes dados:

  • data de aquisição do lote de computadores: 1º de agosto;
  • data de venda do lote de computadores: 20 de agosto;
  • data de recebimento pela venda: 30 de agosto;
  • período entre o recebimento e a compra: 30 – 1 = 29 dias.

O ciclo operacional do lote de computadores foi de 29 dias.

Qual é a importância do ciclo operacional e como ele pode ser aplicado?

O ciclo operacional colabora no correto planejamento das contas a receber, permitindo que os gestores do financeiro e do comercial estabeleçam condições de prazos e parcelamentos mais condizentes com a realidade do negócio.

Dessa forma, a empresa poderá calcular melhor quando e o quanto de saldo em caixa terá em determinada época, de modo que consiga organizar melhor os pagamentos a fornecedores e a realização de investimentos.

Além disso, o ciclo operacional possibilita identificar se o estoque tem um bom giro, principalmente quando a empresa trabalhar somente com vendas à vista. Vale destacar que, quanto maior for o ciclo operacional, mais tempo demora para entrar dinheiro em caixa.

Portanto, é fundamental que os gestores busquem sempre diminuir esse ciclo. A mensuração do ciclo operacional pode ser aplicada por organizações que atuam com grandes volumes de estoques — como lojas virtuais, atacadistas, varejistas e indústrias de todos os portes.

Quais informações devem ser consideradas na análise do ciclo operacional?

Como visto acima, você deve ter em mente as seguintes informações para analisar o ciclo operacional:

  • as datas de compras de mercadorias ou insumos;
  • as datas das vendas dos produtos da empresa;
  • os prazos médios de pagamento dados aos clientes.

Qual a relação do ciclo operacional com os ciclos econômico e financeiro?

O ciclo operacional pode ser analisado em conjunto com os ciclos econômico e financeiro para potencializar a tomada de decisão e melhorar estratégias organizacionais.

Veja melhor, a seguir, como funciona cada um deles:

Ciclo econômico

Ciclo econômico é o tempo médio que a empresa leva para produzir e vender um item. O período começa a ser contado no momento da aquisição dessa mercadoria — ou de seus insumos — e vai até o fechamento da venda. Ele não envolve o recebimento pelo produto.

No comércio, o ciclo econômico costuma ser idêntico ao PME, o que facilita a sua obtenção. Para calculá-lo, você deve registrar o dia de entrada do produto — ou dos seus insumos — na empresa e o dia da venda.

Feito isso, subtraia a data final da inicial e você obterá o ciclo econômico de um determinado produto. Se levarmos em conta o exemplo do lote de computadores, o ciclo econômico será de 19 dias (20 – 1 = 19). Vale destacar que ele pode ter o mesmo valor do ciclo operacional quando a empresa atua apenas com vendas à vista.

Ciclo financeiro

O ciclo financeiro — ou ciclo do caixa — corresponde à diferença entre a data de pagamento dos produtos e insumos aos fornecedores e a data de recebimento dos clientes.

Para que você entenda melhor, digamos que a empresa de equipamentos de informática recebeu 20 dias para pagar pelo lote adquirido. Com base nessa informação, veja como fica a conta do ciclo financeiro:

  • ciclo financeiro: 29 dias de ciclo operacional – 20 dias de Prazo Médio de Pagamento (PMP);
  • ciclo financeiro = 9 dias.

Como visto, o ciclo financeiro será de 9 dias, o que significa que a empresa deverá pagar ao fornecedor pelo lote de computadores em média 9 dias antes de receber dos clientes pelas vendas. Isso quer dizer que ela deverá buscar capital de giro para conseguir honrar essa obrigação sem atrasos e não ficar em dificuldades.

Vale destacar que esses ciclos contribuem para o correto dimensionamento do capital de giro da empresa. Além disso, eles permitem que os gestores consigam definir estratégias de estoque e de vendas mais efetivas, alinhando-as com a gestão financeira do empreendimento.

Por fim, é importante ressaltar que o ciclo operacional é fundamental para que a empresa defina uma política de crédito otimizada, de modo que seja possível evitar a falta de dinheiro para a quitação de dívidas e despesas.

Agora que você sabe o que é ciclo operacional e como ele afeta a gestão financeira da empresa, que tal aprender como a antecipação de recebíveis pode ser positiva para melhorar o caixa do seu negócio?

Escreva um comentário

Pin It