Você sabe como cobrar de um cliente? A inadimplência é um dos grandes desafios do cotidiano de um empreendedor

, é preciso agir rápido e estrategicamente para superar o problema.
Como cobrar de um cliente de maneira eficiente e aumentar suas chances de reaver o capital perdido? Descubra aqui!

Em um cenário de crise econômica, é preciso agir rápido e estrategicamente para superar o problema.

Mas, se você tem percebido um aumento no número de clientes inadimplentes e não sabe como se portar diante dessa difícil situação, acaba de encontrar o conteúdo certo! Reunimos dicas infalíveis para realizar uma cobrança de sucesso!

Quer aprender a recuperar o crédito de seus consumidores? Descubra o que fazer a seguir!

1. Entenda o seu cliente

Ter clientes inadimplente é, de fato, uma situação ruim para o negócio. Entretanto, é preciso compreender os motivos que o levaram a não saldar sua dívida.

De modo geral, existem inúmeras razões para que uma pessoa se tone um devedor, sendo que algumas delas não estão relacionadas à irresponsabilidade ou falta de organização:

  • perda do emprego;
  • redução no salário;
  • situações inesperadas, como uma doença;
  • falta de planejamento financeiro.

Além de melhorar a relação com o cliente, compreender essas questões é essencial para que você consiga oferecer uma proposta adequada e possível de ser quitada, o que contribui para chances reais de regularização do crédito.

2. Como cobrar de um cliente: mantenha a calma

Nossa próxima dica diz respeito ao seu autocontrole frente a situações estressantes, pois quem enfrenta problemas com inadimplência precisa manter-se calmo e não se desesperar.

Ser um pouco “frio” diante desse tipo de situação é essencial para aplicar as estratégias adequadas e não cometer erros fatais, como o tratamento desrespeitoso ao cliente.

Assim, procure analisar a situação de maneira mais profissional, lembrando-se de que a inadimplência é um dos riscos do empreendedorismo, mas que pode ser superado se as providências forem acertadas.

3. Não demore a cobrar

Tão importante quanto as demais dicas é o prazo adequado para realizar o primeiro contato. É aconselhável que não se espere muito tempo até fazer a cobrança, pois isso dificulta ainda mais o pagamento.

Dessa forma, procure fazer o primeiro contato já na primeira semana de atraso e aproveite para entender as razões para o não pagamento. Se não conseguir uma previsão, retorne o contato em uma semana, se esforçando para manter o respeito na negociação.

É oportuno dizer que a automação do processo de cobrança permite que isso seja feito com mais agilidade, sendo interessante que se mande mensagens automáticas antes mesmo do vencimento da parcela.

4. Seja respeitoso ao fazer o contato

Esse é um ponto crucial para o sucesso de uma cobrança. Conforme dito, a ansiedade e nervosismo podem influenciar na maneira como você trata os seus clientes e é preciso sempre pautar a cobrança no respeito ao cliente.

Aliás, é importante frisar que o Código de Defesa do Consumidor reprova qualquer conduta que gere constrangimento ao cliente, prevendo, inclusive, sérias sanções:

Código de Defesa do Consumidor:

Art. 42: Na cobrança de débitos, o consumidor inadimplente não será exposto ao ridículo, nem será submetido a qualquer tipo de constrangimento ou ameaça.

Art. 71: Utilizar, na cobrança de dívidas, de ameaça, coação, constrangimento físico ou moral, afirmações falsas incorretas ou enganosas ou de qualquer outro procedimento que exponha o consumidor, injustificadamente, a ridículo ou interfira com seu trabalho, descanso ou lazer:

Pena: Detenção de três meses a um ano e multa.

Desse modo, é preciso ser cuidadoso ao abordá-lo e ser educado seja qual for a situação e valor do débito. Além de evitar que você seja processado, as chances de êxito serão maiores.

5. Seja assertivo

Efetivar uma cobrança não é uma tarefa simples e, ainda que você deva manter um tom respeitoso na conversa e contatos, é importante assegurar o controle da situação.

Se optar pelo contato telefônico, seja claro e direto quanto ao assunto da ligação e passe todas as informações relevantes acerca da dívida e do tempo de atraso. Já se o contato for por e-mail, por exemplo, o ideal é que seja escrito em um tom profissional e apresente opções para que a dívida seja quitada.

6. Incentive o pagamento à vista

Ao elaborar as propostas a serem apresentadas aos clientes, avalie com atenção a hipótese de pagamento à vista, pois ela é interessante para ambos.

Em primeiro lugar, sua empresa está em busca de um capital perdido e recebê-lo de uma só vez contribui para a sua saúde financeira. Ademais, como o cliente já teve dificuldades em honrar com um parcelamento, pode não conseguir novamente.

Por outro lado, oferecer um bom desconto para que a dívida seja quitada de uma só vez ajuda o consumidor a limpar o nome e se desfazer desse problema, afinal, ninguém gosta de ser um devedor.

Por isso, incentive esse tipo de pagamento já no primeiro contato, demonstrando como ele é vantajoso. Mas, é claro, dê um desconto realmente interessante a atrativo!

7. Dê boas opções para o parcelamento da dívida

Alguns clientes podem não ter interesse ou condições para aceitar sua proposta de pagamento à vista. Nesse caso, você já deve estar preparado para oferecer boas condições de parcelamento.

Em resumo, a dica aqui é procurar não estender demasiadamente o prazo, principalmente quando o valor da dívida não for muito alto. De início, ofereça os planos mais curtos e somente com a recusa vá aumentando o número de parcelas.

Além disso, é aconselhável trabalhar com várias formas de pagamento — isso facilita a vida do inadimplente — e dar prioridade àquelas com menor risco, como cartão de crédito e boleto. Por isso, evite receber cheques para esse tipo de negociação.

No post de hoje você aprendeu como cobrar de um cliente de maneira eficiente e aumentar suas chances de reaver o capital perdido. Conforme dito, a inadimplência é uma realidade do cotidiano corporativo e isso nem sempre é motivo para se desesperar e afetar a saúde do seu negócio. Então, depois dessa leitura, sempre que tiver que lidar com esse tipo de situação, basta agir com calma e aplicar todo o conhecimento adquirido com esse conteúdo.

Como tem sido a inadimplência no seu negócio? Você está agindo corretamente? Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas dúvidas e experiências!

Write A Comment

Pin It