Essa modalidade é uma solução financeira para quem quer concretizar projetos pessoais e pagar dívidas sem precisar vender bens próprios.

Quando apenas sua renda mensal não é suficiente para realizar sonhos e sair das dívidas, uma solução é contratar uma linha de crédito. E você não precisa pagar caro por isso. Hoje em dia, existem modalidades com condições de pagamento mais acessíveis do que a média do mercado. O empréstimo com garantia se diferencia dos demais principalmente por ter juros reduzidos e conceder valores altos.

É também chamado de refinanciamento. Isso porque costuma ser usado para trocar dívidas com juros altos, como cheque especial e crédito rotativo, por uma mais barata.

Além disso, é possível usar o recurso para qualquer finalidade. O empréstimo com garantia abre caminhos, especialmente, para quem precisa de muito dinheiro para grandes projetos pessoais.

Por exemplo, muitos contratam para impulsionar o próprio negócio, fazer uma reforma, uma viagem internacional e até para realizar o casamento dos sonhos.

Como funciona

No empréstimo com garantia os juros são baixos porque, ao contratar, você assegura o pagamento com um bem, por meio de um contrato.

A boa notícia é que a posse do imóvel ou veículo continua sua, ou seja, pode usar normalmente. Esse processo é chamado de alienação fiduciária. Na matrícula do imóvel ou documento do carro o bem fica identificado como “alienado”.

Mas, afinal, por quê essa linha tem taxas menores? Basicamente, porque a empresa credora tem o bem como garantia de pagamento. Com isso, o risco de não receber o dinheiro de volta cai bastante e a instituição consegue oferecer condições mais favoráveis.

Posso perder o bem?

Isso até pode acontecer se você deixar de pagar a dívida. Porém, esse não é o interesse de quem empresta o dinheiro. O objetivo principal é conceder um crédito de qualidade para você conquistar seus sonhos e aumentar ainda mais seu patrimônio, não tomar seu bem.

Mas, isso não significa que você pode relaxar e não quitar as parcelas. É importante organizar as finanças para quitar sempre em dia e evitar o acúmulo de uma nova dívida.

É possível alugar, vender e comprar um bem alienado?

Sim. Você pode usufruir do bem normalmente, inclusive alugá-lo se você quiser.

Também é possível vendê-lo desde que o restante das parcelas sejam quitadas com a empresa credora. Isso pode ser feito tanto por quem está vendendo quanto pelo comprador. O importante é pagar totalmente a dívida.

4 passos para contratar

Antes de solicitar a linha de crédito, é importante estar com a documentação toda atualizada e conhecer o processo de contratação.

  1. Solicitação: primeiro, você pode fazer uma simulação personalizada do empréstimo e em seguida solicitar no site da instituição. Para isso, é necessário preencher uma ficha de cadastro com alguns dados básicos.
  2. Análise de crédito: nessa etapa ocorre análise da situação financeira do cliente, para ver se tem condições de arcar com as parcelas. Além de avaliar a quantia requerida. Se não estiverem adequados aos critérios da empresa, o pedido é negado.
  3. Análise jurídica e avaliação do imóvel: os documentos de quem solicita passam por uma verificação e triagem. Paralelamente, o bem é avaliado para, então, se tornar garantia do pagamento.
  4. Assinatura do contrato: depois de tudo aprovado, é liberado o documento de formalização do empréstimo para assinatura. Em seguida, o contrato deve ser entregue na instituição financeira.

Após esses estágios, o crédito é liberado na sua conta.

O processo de contratação costuma ser um pouco mais demorado, mas a espera vale a pena; você tem acesso a condições mais favoráveis.

Onde conseguir empréstimo com garantia?

O empréstimo com garantia tem crescido muito no Brasil nos últimos anos. Por isso, atualmente, além de bancos e financeiras, novas instituições concedem essa modalidade.

As fintechs são empresas que investem em tecnologia para melhorar os serviços financeiros. Essas companhias têm ganhado espaço nessa área também por focarem na redução de juros.

Por exemplo, a Creditas é uma fintech especialista em empréstimo com garantia. Você pode alienar um imóvel e conseguir até 60% do valor do bem, com uma taxa mínima de 1,15% ao mês. O prazo chega a 180 meses.

Se preferir, também pode fazer um refinanciamento de veículo e ter acesso a montantes entre 50% a 90% do valor do automóvel. A taxa mínima mensal é de 1,49% e o prazo se estende a 48 meses. Lembrando que, valores e tarifas são definidos pela instituição caso a caso, de acordo com a sua situação financeira.

Ficou com alguma dúvida? Escreva para a gente nos comentários e não deixe de acompanhar outros conteúdos do blog.

*Este artigo foi escrito pelo time da Revista Creditas, portal de conteúdo especializado em crédito e educação financeira.

4 Comments

  1. Renato Pereira Responder

    Boa tarde , e as portabilidade de financiamento as fintechs , já estão realizando ? Estou com o financiamento no Santander , tentei a portabilidade para o Itaú , eles simplesmente não fazem , nem sei se ele podem agir assim.

    • Olá, Renato. Infelizmente, a Biva não trabalha com portabilidade de crédito e não poderemos te ajudar neste momento. De qualquer forma, obrigado pelo interesse! 🙂

  2. Luciana Martins carlos Responder

    Bom dia eu fiz mandei o contrato mais agora vcs tão pedindo decore vc pede mesmo

    • Olá, Luciana. Boa tarde! A Biva não solicita nenhum tipo de pagamento antecipado para a análise ou concessão do crédito. Fique atenta para não cair em golpes! 😉 Qualquer dúvida, estamos à disposição no e-mail meajuda@biva.com.br e/ou telefone (11) 3056-1050.

Escreva um comentário

Pin It