Será que você conhece todos os tipos de empréstimos existentes no mercado?

calcular e projetar o caixa para crescer como empresa

Descubra a importância deste capital extra para o sucesso do seu negócio.

 

Apesar dos mitos que permeiam o empréstimo empresarial, há momentos em que essa escolha pode ser uma grande oportunidade de crescimento. Afinal, injetar capital externo em sua empresa, como você sabe, pode significar melhorias em diversos setores.

Caso você ainda não detenha esse conhecimento, não se preocupe! No post de hoje reunimos alguns dos principais modelos de empréstimos disponíveis para empresas e falaremos um pouco sobre cada um deles para que você possa conhecê-los e avaliar a melhor opção de acordo com o seu negócio.

Preparado para ampliar seus conhecimentos sobre o assunto? Confira!

A importância do empréstimo financeiro para as empresas

Antes de falarmos sobre os tipos de empréstimos, é importante ressaltar a importância desse capital extra para o sucesso do seu negócio. Existem inúmeros motivos que levam um empreendedor a recorrer aos empréstimos, desde dificuldades em manter seu negócio ativo no mercado até a necessidade de expandir os produtos ou serviços.

Ou seja, não é preciso estar em crise para buscar um empréstimo empresarial. Na verdade, em um mercado altamente competitivo, as empresas precisam se destacar e investir em inovação. Por isso, não modernizar os seus processos, o estabelecimento, o atendimento e o produto é um risco para quem deseja crescer de maneira ordenada.

Nesse cenário, não restam dúvidas do quanto um empréstimo bem planejado pode ser preponderante para o crescimento de um negócio. Quer saber como escolher a modalidade de empréstimo certa para o meu negócio? Veja a seguir!

Os principais tipos de empréstimos empresariais

Se você já se convenceu de que sua empresa precisa de um empréstimo empresarial, é de suma importância que você conheça e entenda as vantagens e desvantagens de cada uma das modalidades existentes antes de assinar qualquer contrato.

Com tantas opções no mercado, é preciso investir em conhecimento para não cair em uma armadilha e prejudicar as finanças de sua empresa. Portanto, conheça os principais tipos de empréstimos empresariais:

1. Cheque Especial

O Cheque Especial é uma modalidade de empréstimo bastante conhecida e igualmente traiçoeira. Afinal, é grande o número de pessoas endividadas no país por não saberem lidar com o cheque especial e esse padrão tende a se repetir com pessoas jurídicas.

A razão para essa tendência ao descontrole é, justamente, a aparente facilidade em contrair esse tipo de financiamento — se sua empresa possui uma conta bancária, seu banco certamente já deixou um limite pré-aprovado para que você utilize a título de cheque especial.

Ou seja, de acordo com suas movimentações, o banco deixa disponível certa quantidade de dinheiro para que você use quando precisar e de maneira automática — é um contrato automático entre o banco e o cliente.

Parece bom, não é mesmo? Entretanto, toda essa facilidade tem um custo e, nesse caso, ele é bem alto! Para que você compreenda melhor, no início de 2017 a taxa média dos juros desse tipo de empréstimo estava em torno de 13,56% ao mês, uma das maiores do mercado, segundo o Procon SP.

Desse modo, é interessante fugir dessa modalidade de empréstimo e estudar outras maneiras de buscar capital para o seu negócio.

2. Conta Garantida

Já ouviu falar na Conta Garantida? Esse tipo de empréstimo se assemelha bastante ao Cheque Especial, mas pode conter uma taxa de juros mais interessante. Em suma, trata-se de um crédito rotativo que o empreendedor usa conforme sua necessidade, pagando juros incidentes sobre a quantia que utilizou.

O termo Conta Garantida deriva do fato de que a instituição bancária recebe alguma garantia em troca do empréstimo, podem ser recebíveis ou até mesmo uma garantia real. Como existem duplicatas em garantia, o banco pode trabalhar com taxas de juros inferiores ao Cheque Especial.

Por outro lado, é sempre bom relembrar que empréstimos pré-aprovados não devem ser a primeira opção de um empreendedor. A facilidade com que esse capital pode ser incorporado ao negócio pode facilitar que o processo seja feito sem planejamento, afetando a saúde financeira da empresa.

3. Empréstimo Coletivo

O Empréstimo Coletivo é uma modalidade de financiamento para empresas que dispensa a atuação de uma instituição bancária. Isso já demonstra que se trata de uma modalidade de empréstimo menos burocrática.

Nesse modelo, há uma relação entre investidores e empreendedores. Os investidores são pessoas que buscam alcançar bons rendimentos e contribuir com o desenvolvimento do país. Já os empreendedores veem no empréstimo coletivo uma oportunidade de conseguir capital com taxas mais interessantes, sem tornar-se reféns de instituições bancárias.

Também chamado de “peer-to-peer lending”, esse tipo de empréstimo é uma opção saudável e segura para empreendedores que precisam de capital externo, mas não querem correr o risco de endividarem seus negócios. Sendo assim, suas principais vantagens são:

  • é uma modalidade mais rápida e menos burocrática;
  • possui taxas de juros mais baixas;
  • dispensa as diversas idas ao banco, pois pode ser realizado online;
  • entrega uma boa rentabilidade aos investidores;
  • não retira a autonomia do empreendedor para gerir seu negócio.

Diante do exposto, dentre as modalidades apresentadas, essa é a modalidade mais interessante para empreendedores. Por outro lado, para que o empréstimo seja realizado de maneira realmente segura é importante pesquisar uma plataforma séria e responsável e que se preocupe em tornar todo o processo o mais simplificado possível.

Chegamos ao fim do post de hoje e, como você percebeu, existem diversos tipos de empréstimo disponíveis no mercado. Como empreendedor, você deve estar atento às características de cada um deles e observar as vantagens e desvantagens ao fazer sua escolha.

Afinal, um empréstimo empresarial é uma boa oportunidade de crescimento, desde que seja feito com planejamento e um estudo bem detalhado das necessidades de seu negócio e das opções à sua disposição.

Gostou deste conteúdo? Ele foi útil de alguma maneira? Então, que tal continuar aprendendo e conhecer os 6 hábitos que mais atrapalham empreendedores de sucesso?