Os investimentos da Biva são considerados renda fixa. Renda fixa são todas as modalidades de investimento lastreados em títulos de dívida. Por exemplo, as Letras do Tesouro Nacional (LTN) são títulos de investimento que traduzem dívida do governo brasileiro perante seus investidores.

Aqui, na Biva, trabalhamos com a modalidade de peer-to-peer lending (P2P) e esta modalidade é classificada como investimentos de alto risco.  Para investir na Biva, é importante saber identificar o seu perfil de investidor, ou seja, qual é a sua tendência ao assumir riscos – podendo perder parte ou total do capital principal.

Por isso, ao fazer o cadastro de investidor, você terá de preencher um formulário, chamado suitability, onde responderá perguntas para identificar se você está apto para investir com a Biva e se está ciente de que pode perder parte ou total do capital principal do investimento.

Aos perfis aderentes, serão apresentados dois modelos de investimento: portfólio e Single Name.

Como funciona o modelo de investimento Single Name?

Diferente do modelo de portfólio, no modelo de Single Name, você, investidor, tem a possibilidade de investir em uma só empresa.

A empresa, de acordo com o porte e outras variáveis, é lançada na plataforma sozinha, no modelo Single Name, com o apoio de informações detalhadas, gráficos e análises do nosso time de crédito, para que o investidor possa fazer uma escolha consciente de acordo com o seu objetivo.

No geral, os investimentos no modelo Single Name têm uma rentabilidade projetada maior do que no modelo de portfólio por conta da diversificação do risco, que também é indicada no painel.

Atenção!

É importante que você diversifique sua carteira, tanto no modelo Single Name quanto no modelo de portfólio, ou seja, não concentrar seus investimentos em uma única empresa ou portfólio.

Para manter a saúde da sua carteira na Biva, diversifique seus investimentos Single Name para que cada empresa conte com no máximo 5% da concentração total do capital investido.

Quem pode investir no modelo Single Name?

Os investidores devem residir no Brasil, ter pelo menos 18 (dezoito) anos, possuir conta corrente em instituição financeira, estarem devidamente inscritos no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda (CPF/MF) e adequados ao risco do investimento da Biva, de acordo com nosso formulário de adequação de risco (suitability).

Qual é o investimento inicial?

Para começar a investir na Biva, você, investidor, pode escolher tanto o portfólio – grupo composto por 5 ou mais empresas, como o Single Name, uma única empresa.

No geral, o primeiro investimento é a partir de R$5 mil e, após ele, é liberado investimentos a partir de R$2 mil. Ou, é preciso que você tenha mais de R$ 10 mil investidos na plataforma – podendo, assim, investir a partir de R$2 mil -, o que acontecer primeiro.

Quando tem uma oportunidade de investimento Single Name em aberto?

As oportunidades de investimento não tem um dia ou data específica. Os investidores cadastrados recebem um e-mail, com 24 horas de antecedência, avisando o dia e horário em que a oportunidade de investimento estará aberta para que ele possa avaliar, no painel de investidor, as variáveis.

homem de terno inclinado na mesa avaliando documento numéricos e gráficosQuero investir! Quais os próximos passos?

Ao abrir o investimento Single Name na plataforma, é preciso que você entre na plataforma e faça a sua intenção de investimento, ou seja, declarar o quanto você quer investir naquela empresa.

Após fazer a intenção de investimento, você terá até um dia útil para fazer a transferência para nossa instituição financeira parceria. Assim que o investimento (empresa) for 100% financiado, os títulos são gerados e o investimento começa a valer de fato.

Todos os modelos de investimentos, portfólio e Single Name, na Biva, os repagamentos são mensais, ou seja, você receberá o valor investido + juros todo mês.

Qualquer dúvida sobre este modelo de investimento, comente abaixo ou entre em contato via canais oficiais da Biva.

Nos siga nas mídias sociais para ficar por dentro das notícias sobre o mercado financeiro e o empreendedorismo brasileiro: Facebook, Twitter e Linkedin.

Escreva um comentário

Pin It