Para você poder fazer um investimento de alto risco, é preciso entender sobre a variação do mercado financeiro e ter uma alta tolerância ao risco, ou seja, estar disposto a perder parte ou total do seu capital investido.

Além disso, para alguns dos investimentos de alto risco é preciso ter um capital inicial alto disponível para começar a investir.

Se você ainda não sabe qual é o seu perfil de risco, descubra agora quais são os três perfis e as características de cada um aqui.

Você sabia que um investidor que possui 10% ou mais da sua carteira em investimentos de alto risco pode ser considerado um investidor de perfil agressivo?

Entenda mais sobre esse perfil a seguir:

Perfil Agressivo

O perfil de investidor agressivo tem uma alta tolerância ao risco e está disposto a perder parte ou total do capital investido com o objetivo de ter uma melhor e mais alta rentabilidade. Além disso, o investidor agressivo possui total conhecimento e domínio do mercado financeiro e de investimentos.

Características do perfil agressivo

Conforme citado acima, as principais características deste perfil são as seguintes:

  • Investimentos a longo prazo;
  • Alta renda;
  • Jovens;
    Vale ressaltar que este não é um fator determinante e sim recorrente;
  • Alta expectativa de retorno;
  • Alta tolerância a riscos;
  • Já tem uma carteira de investimento.

Objetivos do perfil agressivo

A questão que deve ser analisada é o por quê você quer investir, isso vai guiar todo o seu planejamento financeiro e vai fazer com que as suas expectativas possam ser atendidas.
Os principais objetivos para um investimento de alto risco, são:

  • Comprar um carro;
  • Viagem;
  • Aposentadoria;
  • Viver de renda.

Modelos de investimento

Com conhecimento e sangue frio, é possível conseguir rentabilidades incríveis. Confira os 3 principais investimentos de risco:

Ações individuais de empresas

As ações não são indicadas para quem é iniciante e, ainda que você – investidor arrojado/agressivo – saiba todas as variáveis e entenda do mercado financeiro, é importante lembrar que as ações não devem conter mais do que 10% da sua carteira para não correr grandes riscos de perda do capital investido.

Peer-to-peer Lending

O investimento em Peer-to-peer Lending permite que pessoas invistam em pessoas, onde investidores recebem uma das maiores rentabilidades em renda fixa do mercado e os tomadores de crédito recebem a quantia que precisam sem as taxas abusivas dos bancos.

A Biva, primeira plataforma online de peer-to-peer lending (P2P) no Brasil, permite que pessoas invistam em pessoas, onde investidores recebem uma das maiores rentabilidades em renda fixa do mercado e os tomadores de crédito recebem a quantia que precisam sem as taxas abusivas dos bancos.

Saiba as vantagens e como funciona o modelo de peer-to-peer lending clicando aqui.  

Câmbio

Na compra e venda do câmbio, utilizando sua moeda local – no nosso caso, o real –  você “se aproveita” da alta e da baixa de moedas estrangeiras para comprar/vender e ganhar na diferença. Para isso, é preciso prever algumas movimentações econômicas e não se desesperar na queda. Entenda o momento exato de fazer as transições!

 

O importante é manter-se sempre atento, estudar, fazer um planejamento a curto, médio e longo prazo, e diversificar sua carteira entre investimentos de baixo e alto risco.

Caso ainda esteja com dúvidas ao escolher o seu investimento, confira nosso artigo com tudo o que você precisa saber para começar a investir ou comente aqui embaixo 😉

Gostou do artigo? Compartilhe nas mídias sociais 🙂
Aproveite e nos siga no Facebook, Linkedin, Twitter e Instagram para ficar por dentro de todas as novidades do mercado financeiro.

Escreva um comentário

Pin It