Ao estudar opções de investimento leve sempre em consideração o Imposto de Renda sobre essas aplicações, quais estão sujeitas ao IR, como o imposto é retido, como declarar os rendimentos, entre outras dúvidas.

Antes de começar, a sanar a dúvida do título, vamos entender como funciona o Imposto de Renda (IR) sobre os investimentos e descobrir quais aplicações possuem ou não essa tributação.

Quais tipos de investimentos e/ou aplicações não estão sujeitas ao IR?

Por enquanto, os únicos investimento isentos de imposto de renda, para pessoas físicas, são a poupança, LCI, LCA, CRA, CRI, CCI e CPR. A rentabilidade da poupança é baixa e compete de frente com a inflação. O retorno é calculado dependendo da Taxa Selic.

O LCI e LCA foram isentos do IR pelo governo com objetivo de estimular o número de aplicações no setor imobiliário (LCI) e no setor de agronegócio (LCA). Já o CRA e CRI, Certificados de Recebíveis do Agronegócio e Certificados de Recebíveis Imobiliários, respectivamente, são títulos de renda fixa também isentos de IR, e eles podem render mais que a LCI ou LCA.

A CCI e CPR, Cédulas de Crédito Imobiliário e Cédula de Produto Rural, também são classificadas como isentas do Imposto de Renda. A CCI é um título de crédito imobiliário, no qual o  devedor paga uma dívida imobiliária a um credor. Já o CPR faz com que o produtor rural receba antecipadamente o valor dos produtos comercializados, com a obrigação de pagamento em produto ou de resgate financeiro.

Todos os demais investimentos como, por exemplo, CDBs e RDBs, DPGE, LF, CCB, Títulos Públicos e Privados, Debêntures, LCs, entre outros, estão sujeitos à tributação pelo IR. Se você decidir investir nas opções que têm a incidência do imposto de renda, mencionadas acima, a alíquota vai variar conforme o tipo de investimento e tempo de aplicação.

Saiba mais:  A alíquota era única de 20% e aplicada para todos os fundos, isso mudou com a entrada em vigor da Lei n° 11.033 em 1º de janeiro de 2005.

Como é a tributação dos investimentos da Biva?

Na Biva, o imposto de renda é retido diretamente pela instituição financeira parceira e segue a alíquota regressiva de IR para títulos de renda fixa. A tributação incide Imposto de Renda (IR) recolhido na fonte, com alíquotas de 22,5% a 15,0% do rendimento, dependendo do prazo.

Aqui, todos os investimentos estão lastreados em Recibos de Depósito Bancários (RDBs), os quais são vinculados à rentabilidade dos portfólios de empréstimos em que você investir. Isso é possível por causa da Resolução do Conselho Monetário Nacional (CMN) n. 2921, em 17 de janeiro de 2002, a qual trata das chamadas operações ativas vinculadas.

Essa regra permite que investidores realizem investimentos vinculados à carteiras ou políticas de investimentos previamente estabelecidos com a instituição financeira. Dessa maneira, a cada repasse mensal que é feito para vocês investidores, com os valores recebidos pelos empreendedores, é feito um resgate parcial de seu investimento (RDB) que será tributado ao valor de face do título (rentabilidade combinada) sobre a alíquota vigente ao tempo já investido (data do resgate parcial – data do investimento).

O IR sobre investimentos já é retido na fonte? Como faço para declarar?

Você não precisa se preocupar com o recolhimento aqui na Biva, pois a  instituição financeira parceira (Socinal) já faz todos os recolhimentos na fonte e transfere para sua conta corrente suas parcelas mensais, livre de impostos – já o valor líquido.

Sendo assim, no momento que você estiver fazendo sua declaração de imposto de renda é só acrescentar os valores descritos no seu informe de rendimentos, enviado no início do ano pelas instituições financeiras da Biva.

Saiba mais: Os bancos e instituições financeiras são responsáveis por mandar para os investidores durante os primeiros meses do ano o informe de rendimentos, no qual constará os dados para sua declaração do imposto de renda.

Tirou todas as dúvidas sobre o Imposto de Renda (IR) e como isso reflete nos seus investimentos na Biva e aplicações em geral?

Se você quiser saber mais sobre a incidência e o cálculo do imposto de renda, entre em contato com a gente aqui na Biva, é só usar o e-mail: meajuda@biva.com.br

12 Comments

  1. Leonardo Furnival Marar Responder

    22,5% mesmo para os pagamentos recebidos após 6 meses de aplicação?

  2. Sergio de Castro Responder

    Gente, é tal qual na renda fixa, de acordo com o prazo de investimento:

    22,5% até 180 dias;
    20% entre 181 e 360 dias;
    17,5% entre 361 e 720 dias;
    15% após 720 dias.

    Recolhidos na fonte pagadora.

    Espero ter ajudado.

  3. Mure Farias Mendonça Responder

    A tributação do Biva é assim:
    Você empresta seu dinheiro pra 10 empresas, 5 dão calote, 5 pagam, seu capital é reduzido e você ainda paga IR sobre o lucro que teve sobre as empresas adimplentes. Em relação às caloteiras, nem informam nada. É só alegria.

    • Olá, Mure. Agradecemos seu comentário e já repassamos internamente!
      Sobre as empresas inadimplentes já estamos tomando providências relacionados ao assunto. Estamos em fase de recuperação desses valores e em breve os investidores serão notificados de acordo com cada caso.
      O Imposto de Renda deve ser declarado de acordo com seu Informe de Rendimentos, Biva ou instituições parceiras da mesma, para que não haja problemas no futuro.
      Qualquer outra dúvida, entre em contato com a gente pelo meajuda@biva.com.br ou (11) 3056-1050.

  4. Daniel Marques Responder

    No Imposto de Renda, não preciso também declarar a divida pendente nos bens e direitos?

    • Olá, Daniel. Peço que entre em contato com o nosso suporte, número: (11) 3056-1050, para identificarmos o seu caso e podemos te responder mais assertivamente por lá. Qualquer outra dúvida, estamos à disposição!

  5. Olá, Daniel. O prazo era até o último dia útil de fevereiro, ou seja, dia 28 de fevereiro. Se você não recebeu, por favor, entre em contato conosco para que possamos verificar o seu caso 😉

  6. Olá boa tarde. Não recebi o informe de rendimento da Socinal. Qual o procedimento? Obrigado

    • Olá, Daniel. Já solicitamos o reenvio para a Socinal e você deverá receber seu informe nos próximos 2 dias.
      Para acessar o informe da Biva, basta realizar o login em nossa plataforma e clicar em seu nome no canto superior direito, ali basta clicar em “Informe de Rendimento” e você terá acesso ao informe da Biva.
      Caso não identifique em sua caixa de e-mail o informe da Socinal, entre em contato por e-mail: meajuda@biva.com.br 🙂 Abraços,

Escreva um comentário

Pin It