Oak’s Burritos é um restaurante fast casual de Porto Alegre, com unidades no Rio de Janeiro e Niterói

Equipe do Oak’s Burritos, unidade em Niterói. Crédito: divulgação

Como você deve lembrar a gente já contou a história da Oak’s aqui, em agosto do ano passado. Agora, vamos te contar o que aconteceu de lá pra cá e como está o negócio do Rafael Machado.

A Oak’s Burritos é um restaurante fast casual, de comida mexicana, nascido em Porto Alegre. O sucesso dos amigos foi tanto e o negócio deu tão certo que, em junho de 2017, os sócios inauguraram a segunda loja da rede no Rio de Janeiro.

Conversamos com o Rafael, um dos idealizadores do negócio, que participou do portfólio Orion. Ele contou sobre a sua trajetória como empreendedor, a inauguração da sua terceira loja e os desafios do mercado.

1) Como está o Oak’s Burritos atualmente?

O Oak’s segue crescendo em número de clientes e de novas lojas. Nossa matriz fica em Porto Alegre, tivemos a inauguração do Oak’s Rio de Janeiro, em junho de 2017 e, agora em abril, abrimos o Oak’s Niterói.

2) Você teve dificuldades no Oak’s ultimamente?

A nossa unidade de Porto Alegre, matriz, está madura e com uma clientela fidelizada. Por isso, direcionamos nosso foco para o Rio de Janeiro e, dessa forma, começamos a estudar o mercado e posicionar nossa marca em uma região, até então, desconhecida.

De julho a janeiro, a nossa primeira unidade no RJ, a loja de Botafogo cresceu 61%.

Ficamos extremamente satisfeitos com este resultado, ele refletiu nosso trabalho duro desenvolvido durante os últimos meses. Entretanto, sabemos do potencial da capital carioca, o maior desafio é manter uma taxa de crescimento mensal acima de 15% no primeiro ano da operação. Para isso, estamos pensando e testando várias formas de divulgação – online e offline.

3) Qual foi o grande desafio de seu negócio, desde que nasceu?

Foi espalhar a ideia de comer comida mexicana aqui no Brasil. Até então, o brasileiro só tinha contato com essa culinária apenas em bares temáticos, cheios de sombreiros, bandeiras do México, mariachis e tequila.

O Oak’s adicionou a pitada americana no conceito. Trouxemos restaurantes com uma espírito jovem, onde tocam músicas gringas do dia a dia da galera e criamos um jeito descomplicado de escolher a refeição, como fazem lá na Califórnia.

O grande desafio, portanto, é contar essa história para os nossos clientes e fazê-los entender que a comida mexicana pode ser encontrada em um lugar bem mais legal e descontraído do que um restaurante mexicano.

4) Qual foi o grande desafio do seu negócio nos últimos meses?

Como estamos em fase de expansão, abrimos loja do Rio e Niterói. Agora, planejamos abrir em São Paulo já no segundo semestre. Estamos estudando o local, mercado, estrutura e capital para abrir mais essa operação.

Precisamos de crédito para investimento e para giro. Aí esbarramos, novamente,  no sistema bancário tradicional, onde a liberação de empréstimos exige atravessar uma floresta de burocracia.

Unidade em Botafogo, RJ. Crédito: Divulgação.

5) Como você faz a gestão das finanças no dia a dia?

Em Porto Alegre, a gente tem uma equipe que presta suporte administrativo e financeiro para todas as operações. O time atua nos seguintes processos: contas a pagar, contas a receber, apuração de resultados, planejamento de fluxo de caixa e conciliação (auditoria) bancária.

É uma gestão financeira centralizada. A função dele é lançar diretrizes às unidades para que cada restaurante Oak’s, espalhado pelo Brasil,  seja sustentável financeiramente. Como a nossa ideia é expandir bastante nossas unidades, essa forma de atuação e gestão funciona muito bem no modelo que desenvolvemos.

6) Você pegou quantos empréstimo, até agora, na Biva?

Pegamos apenas um!

7) Pretende pegar mais empréstimos na Biva?

Pretendemos e precisamos. Vamos usar o montante para melhorar e ampliar nossas operações no Rio e Niterói.

8) Quais são seus planos para o futuro da Oak’s?

Nosso grande sonho, e provavelmente da maioria dos empreendedores,  é entrar no mercado de São Paulo. Já temos o projeto e no segundo semestre deste ano iremos rumar pra lá! 😉

Faça como o Rafael e amplie o seu negócio!
Ele solicitou empréstimo na Biva para abrir a primeira filial da Oak’s e, recentemente, voltou para solicitar a segunda rodada. O próximo passo é ajudar o Rafa a captar mais dinheiro para chegar em São Paulo. 😉

Conheça mais histórias como a do Rafa e inspire-se!
Saiba como a Biva funciona e todos os detalhes.

Escreva um comentário

Pin It